Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Recanto da Gata

O Recanto da Gata

O FANTÁSTICO PRESÉPIO REAL E VERDADEIRO DO REINO SABORUM LATINORUM (preparem-se para grandes revelações e grandes...loucuras!)

A noite fria, gelada, caía sobre Belém. Não havia pastéis, não havia deputados...mas um extraordinário acontecimento estava prestes a acontecer!

Era Dezembro profundo. Mais propriamente 25 Dezembro. E, numa humilde cabana, o milagre estava prestes a acontecer. Um milagre que mudaria o ruma da História do Mundo e a Vida de todos os Povos, para sempre!
Os mais atentos, como um tal de Miguel Sousa sempre no mundo da Lua...já tinham entrevisto que uma nova Estrela batizada pelos eméritos astrónomos de todo o Mundo, de estrela Carolina, brilhava no Céu Escuro...era a Estrela de Belém que conduzia todos os crentes para uma única direção: Belém, e uma humilde cabana, onde numa simples manjedoura, a Virgem-Cheia -de -Graça, dava á luz o Menino Jesus Cristo! Pobre Mãe, também ela sofria com o frio que se fazia sentir...vestidinha com um baby-doll vermelho, muito justinho, muito curtinho que revelava as curvas magnificas do seu corpinho divino (o mais barato que tinha conseguido comprar na Primark), ela conseguia mesmo assim, acariciar com imenso amor e carinho o seu querido rebento: o Menino Jesus Francisco, que nuzinho de todo, peladinho de todo, deitadinho nas palhinhas, reluzia em todo o seu esplendor! O que valia ao Menino eram as suas rechonchudices; as suas fofas coxinhas, seus redondinhos bracinhos, sua almofadada barriguinha! Seu Pai José/André Almeida Carpinteiro/Dançarino de profissão e por Amor, olhava atentamente seu amado rebento pensando: "deuses, como vou educá-lo para o fazer calar, um dia mais tarde??". A cronista do reino sabe: tarefa Impossível...
Mas, estamos num Reino Sagrado e todos os milagres são possiveis...O Menino Francisco estava protegido! Não lhe faltavam Vacas, Burros, Ovelhas ...que suspiravam olhando para Ele e lhe enviavam seu Quente-Bafo! Claro que nestes pormenores simples a História agradece a um certo Tiago Dias, sempre muito apetrechado de toda a ganadaria pronta a intervir em casos mais urgentes (e era o caso! Sózinho em Casa...o Francisco, não ia lá!).
Os Anjos e Anjas sobrevoavam o lugar sagrado, diáfanas, leves, porque ainda não tinham começado as orgias natalicias...Bárbara Santos, Ana Paula, Ana Paula, Sara Meireles, Sara (andam sempre aos pares neste estranho Reino!), orbitavam sobre o Presépio, enviando mensagens de Paz, Amor, Sabedoria!
Os Pastores chegavam de longe com seus rebanhos, prontos a dar o leite que a situação exigia. Estavam esgotadas as bombas de tirar leite, e a atarefada vida da Virgem Cheia de Graça, não lhe permitia esperar para saciar a fome do seu sempre gritante e esfomeado Menino Francisco. Então, os Pastores Nómadas, Jose Carlos, José Couto, Pedro....traziam suas melhores vasilhas cheias do tal Líquido- Miraculoso- que- Dá -Vida -á -Vida!
No silêncio da noite, uma simples Mãe aguardava a chegada dos Reis Magos que a Estrela de Belém já anunciara estarem prestes a chegar: a Mãe Celeste confeccionava o Jantar de Natal que, para sempre, ficaria incrito na História: demolhara umas simples postas de bacalhau trazidas do Oriente pela Jessica Fernandes, cujo Pai Jorge Males, muito viajava para esses longinquos lugares...cozia umas batatas e couves da Horta da Maria Manuel...fritava 255 Rabanadas, 589 Filhós...nada de especial para uma MULHER (impossivel para uma raça que também queria povoar o mundo, chamada de Homens...) e estava feito o Para-Sempre-Histórico-Jantar-de-Natal!
...E os Reis Magos chegaram!! Montados em Camelos de pêlo suave e macio porque tomavam o seu banho com Dove Amaciador, o Sabino (Rei da Sabedoria e da T-Shirt justinha), o Alipio,e o Antonio, traziam incriveis oferendas ao Menino Jesus Francisco: gajas, gajas e mais gajas (estavam á espera de foleirices como ouro, incenso e mirra?? cretinices dos cronistas da época...esta cronista é que sabe a verdade!).
A noite desce suavemente sobre o Reino Sabor Latinorum...todos merecem descansar, porque enquanto tudo isto se passava ouvia-se lá ao longe, vinda do Extremo Oriente a voz sexy do Farzham, contando, contando sempre..."um, dôs, tês, cato, xinco, xeis, xéte!!!!".
O duende Johny dá por terminada a noitada! Chega de desvarios...e ELE é que manda na Ordem do reino!
Vamos comemorar o Natal em PAZ E AMOR! E QUE A HISTÓRIA SE CUMPRA NESTE REINO E EM TODOS!

Nota: Quanto á louca Cronista do Reino Olga Castela, aproveitar estes desvarios para VOS DESEJAR UMA IMENSA FELICIDADE, MUITO RISO, MUITAS GARGALHADAS, PORQUE SÃO A FONTE DO NOSSO BEM-ESTAR...E QUE O NATAL SE CUMPRA NO CORAÇÃO DE TODOS NÓS! POR FAVOR, SEJAM FELIZES!

OHOHOH...O Fantástico Regresso do Pai Natal ao Reino Saborum Latinorum

Neste Reino Fantástico desenrolam-se histórias maravilhosas, fantasmagóricas, tão íncriveis que a mais prodigiosa imaginação não consegue alcançar! Por isso, os duendes, fadas, e cromos residentes...são tão estranhos!
Mas...meninos e meninas não se admirem com nada! Porque aconteceu algo um dia destes que para sempre irá permanecer nas memórias seculares deste Fantasmagórico Reino!
Era o principio da tarde. De uma tarde como tantas outras...os duendes trabalhavam intensamente, efectuando seus saltos piruetas e afins...as fadas, essas esvoaçavam, planavam, levemente, suavemente, pousando seus corpos diáfanos em cima dos duendes e dos cromos...e era espantoso como eles gostavam deste contactos! Mais, queremos mais, gritavam eles, sempre que um fada mais louca se atirava para seus braços....
Enfim, tudo corria normalmente nessa tarde...quando, de repente, se ouviu um arrepiante ruido...o telhado cedeu...e no chão da floresta deste Reino, caiu com trambolhões muito controlados...o PAI NATAL! O Duende-Guardador-das- Reais-Florestas, Johny, o tal dos Olhos-Mais-Azulados-Esverdeados ficou estupefacto. Como aconteceu tal coisa na sua tão bela e verde Floresta?
Mas, subitamente percebe: o Pai Natal vinha vestido de Graça Pinto, com seu sensualissimo"baby-doll" vermelho, botas vermelhas trepando pelas suas belas coxas acima, barrete de veludo vermelho...e gritava para suas RENAS: Pró El-Ricon...já! Claro que o Pai Natal deveria ser mais exatamente o Rei do Oriente André Almeida, que trazia ouro, e essências cheirosas dignos de um Feiticeiro Mágico...mas a pressa das renas Loucas...fez com que estes cheiros precioso se esplhasssem pela Floresta! Que bons cheiros, que majestosos aromas diziam todos, snifando!
As Renas de seu nome de baptismo - Dasher, Dancer, Prancer, Vixen, Comet, Cupid, Donner, Blitezer...e finalmente a de nariz vermelho Rudolph...no Reino tinham nomes muito mais estranhos e eram apenas e só: o Alipio Costa, Joaquim Azevedo, Joaquim Manuel, Aventino, Serafim Soares, Tiago Dias, João Ribeiro, Pedro Oliveira...a a RENA mais majestosa de brilhante nariz vermelho que aponta o caminho sa Luz a todos os outros: Carolina, ela a Rudolfa!
Todas elas transportavam a sua Rainha de baby-doll vermelho, qual Pai Natal sensual, sexy, curvilineo...como só neste Reino seria possível!
E traziam prendas, muitas prendas que as fadas de serviço Celeste, Ana Paula, Néni...e outras tantas ajudantes, imediatamente começaram a distribuir:
- cuecas vermelhas para a Raquel, Jessica, Mónica...fio dental...estão à espera de quê?? Sim, que elas Têm que lavar os dentes...ou que raio imaginavam duendes de tortuosas?
- meias negras mágicas que fazem emagrecer mal se lhes toca...não se percebe porquê, mas foi o pedido mais frequente entre as fadas e duendas do reino! Será que há alguma campanha a favor do emagrecimento geral do Reino??
A verdade é que as fadas e cromas se descabelavam lutando arduamente pela conquista de um par de mais destas!
Sara Meireles, Sara Oliveira (só saras?? já estão saradas?), mas também Daniela, Bárbara Santos, etc, etc...se digladiavam em plena lama gritando "são minhas, são minhas"! Estas lutas na lama, ficaram aliás, célebres no reino e todos os duendes querem que haja mais, muitas mais! E que a ganhadora tome duche de água fria, ali, mesmo no coração da floresta!
Apenas uma, assistia impávida e serena (aliás "serena" é o seu nome do meio...): a Olga Castela, não se metia nestas guerras...primeiro porque não precisava, óbvio...depois, porque nem gosta nada de se atirar para cima dos duendes!! Nunca!
Chegava a noite ao Reino. Todos tinham recebido as prendas desejadas. Umas de cuecas vermelhas, outras magrinhas que dava dó...quando o cozinheiro do reino Sabino Rodrigues surgiu com uma bela noticia: ia tirar a T-shirt que o apertava desde o El-Ricón e trazia rabanadas, filhós, pão de ló...para voltar a engordar as magricelas do reino. Mas não estava sózinho...porque o nosso lindo Barman de serviço, o Bruno Gonçalves servia as margueritas, as sangrias sangrentas de licor, champanhe, frutos vermelhos, azuis e cor de rosa...tudo muito, muito, muito calórico, como convém!
OHOHHH....gritava a Mãe Natal Graça...nem te atrevas Sabino! Temos que voltar ao País longinquo e muito belo chamado El-Ricon, onde toda a beleza se esgota e todas as fadas e duendes volteiam, serpenteiam, belas, diáfanas...magras!
Bem...vamos deixar o reino em PAZ! Sabemos que o Amor, a Gentileza, a Solidariedade, Cumplicidade e AMIZADE...são, realmente as prendas que todos desejam e que trocarão entre todos, nesta época Natalicia em que o Natal é sempre que um Homem quiser...e que assim continuará no fantástico Ano de 2017 que se avizinha. Neste Reino, nada do que é belo e bom, faltará, porque todos trabalharão com esse objectivo!
Nota da cronista do Reino....não ainda não se livraram de mim...essa frase "O Natal é sempre que um Homem quiser...enlouquece-me..e é preciso muito para que tal aconteça...!
Porque...quem é que raio faz as compras das prendas, as 325 cuecas e 567 pares de meias para distrubuir pela familia toda?? Quem faz as rabanadas, filhós, leite-creme, descasca as 1.032 batastas, cenouras, coze o bacalhau?? Quem faz a árvore Natal? Quem põe a bela mesa Natalicia? Quem "atura" os 25 sobrinhos, netos, 4 ou 5 sogros (sim, que eles acumulam-se hoje em dia...)...Desculpem: O NATAL É QUANDO AS MULHERES QUISEREM!