Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Recanto da Gata

O Recanto da Gata

[Crónicas do Maravilhoso Reino Saborum Latinorum] CAPÍTULO VI - Smeagel, oh my lovely and precious, o Reino do Zumba....e outras histórias do Reino Encantado...

Há tempos imemoriais em que o Reino estava mergulhado numa profunda reflexão filosófica: Ser ou não Ser, o Saber, ou não- saber, o dançar kizomba, Som Cubano, SALSA, Coentros, Cominhos, e até Gengire (bahhhh!)...bem tudo isto mexia com os cérebros, cerebelos e bolbos raquidianos dos súbditos deste Reino. A Imperatriz Graça, não entendia tanta incerteza e gritava pelos corredores: dançar é dançar...dancem tudo, criaturas indecisas!

Mas é preciso relembrar que em frente a cada grupo de malucos, extasiados, frenéticos dançarinos, estava um ser divino de Graça feito, imbuído de luz provinda do Sol e da Lua, já que a conta da EDP era demasiada... Imaginem aqueles duendes, faunos, elfos, cada um pra seu lado saltitando! Era a loucura...e disso não queremos neste Reino tão atinadinho (aldra!!!).

Um desses seres, que muito estranhamente está em todos os salões ao mesmo tempo, pois do dom da ubiquidade, da tribiquidade ou até da quabitridade, ele é portador..é o nosso já conhecido Smeagal - o mais querido Elfo do Reino que não pisa o chão, e por quem o chão nutre uma profunda irritação"...é um nome estranho, mas o que não o é neste Reino? Há alguns séculos atrás já vos descrevi pormenorizadamente como levitam os seus pés mágicos, como saltitam as suas pernas infinitas, como volteiam seus braços ...mas há uma questão que inquieta as gentes do Reino: quem já se atreveu a olhá-lo nos olhos?

É muito, muito perigoso! Os olhos deste Elfo Encantado levam-nos às profundidades dos tempos longinquos em que tudo era magia branca (com alguma preta à mistura), os duendezinhos Rodrigo e Miguel, podiam brincar nas ruas do Reino sem bruxas más e verrugosas (Vergonha Paula Cardoso!) a persegui-los, e todas as pedras da rua nos sorriam e cumprimentavam! E quem se atrever a olhar bem de frente para aquele olhos meios esverdeados, meio azulados, cintilando com pós mágicos contendo uma parte de.todas as cores do universo vai ficar encadeado para sempre! E entreverão maravilhosos prados verdejantes, montanhas majestosas que se erguem com céus azuis pendendo sobre elas, oceanos profundos onde coabitam toda a espécie de fauna e flora rica, colorida, variada...E sentirão um incrívell calor emanando daqueles olhos - o calor do infinito amor, da inoxorável amizade e solidariedade pelos outros seres...e por todos os dançarinos de todos os reinos!

Eu olhei...eu atrevi-me...e fiquei... como vocês sabem! Porque enquanto tentava entender os milhões de mensagens que aquelas meninas dos olhos que dançavam levianamente à minha frente, desafiando-me...DE REPENTE...O REINO PAROU...A TERRA GIROU EM SENTIDO CONTRÁRIO...E ENCONTREI-ME NUM MUNDO PARALELO: O MUNDO DO ZUMBA!

E ZUMBANDO todos estavam: porque zumbar em frente ao Precious Smeagal é uma experiência para além do transcendental: seres frenéticos trepam as paredes (lá está, ela ...sim a Maria Manuel, estando seu duendezinho mais uma vez abandonado e quiçá à mercê da bruxa malévola - Paula, o Rambo José Manuel, está-te vigiando...cuidado com seus poderosos ataques, sua peste!), sobem até aos tectos, serpenteiam em cima do varão (anaconda, vais ter muita comidinha de carnes frescas e...suadas...bah!), saltam, ressaltam, tressaltam...todo o Reino treme...os seres da Floresta Mágica fogem a esconder-se...deuses do Olimpo, que se passa??
O Elfo Jhony "o que tem olhos mais verdes que toda a natureza junta" que tranquilamente andava a fazer a ronda, acompanhado desta vez pela sua Carocolinhos Dourados...uma donzela que o levou à loucura de tanta vez que canta "sou caracolinhos dourados e moro na floresta, conheço as casas todas...só não conheço esta", e descaradamente, contra todos os pricipios morais e imorais do Elfo Johny, entre em todas as casas devorando todas as papas que encontra, pois teve que parar uma tartaruga que com tanta trepidação se ia estranbalhando contra um alto arcipreste...e acabou por convidar a sua caracolinhos para irem para trás de uma moita...bem, claro que para fazerem a desinfestação dos escaravelhos e afins que por ali andavam...(o que estavam a pensar que eles iam fazer para trás da moita, cabeças de Hobbits doentios?)...e lá andavam eles de lata de "dumddum...não escapa um" desinfestando a Floresta...enquanto tudo, mas tudo continuava a trepidar.

Este ZUMBAR não pode acabar bem! Com tanta tremedura...há elfos, fadas, faunos que, de repente, se transformam em pequenas poças de água mal-cheirosa no chão do Salão Encantado. O que vale são os tais buracos...que servem de respiradouro aos seres que na escuridão habitam...mas também de sorvedouro para este líquidos maléficos. Outros duendes...sofrem uma transformação ainda mais radical (sim, no ZUMBA tudo é radical...) e, por um processo fisico ou quimico ou analógico, passam directamente do estado sólido (alguns muitos e muitos Kilos de solidez...) para o estado GASOSO...e pairam quais nuvens de enxofre mal-cheiroso pelo Salão, invadindo locais recônditos como vestiários (local onde se fica nu...imaginem!), casas de banho (banho? nunca se viu...), mas deixando um rasto de cheiro maléfico por todo lado. Desaparecem, sim...e que importa? Ninguém se apercebe...porque se AGORA se atreverem a olhar os olhos do carequinha Smeagal...não se atrevam...porque petrificados ficarão!

Naqueles olhos, que de repente se tornaram negros, carregados de mistérios insondáveis, perspassam agora imagens de milhões de anos de história da dança, e biliões de dançarinos em todo o mundo. E quadros de Degas, de Picasso, sinfonias de Ludwig Van Beethoven, de Vivaldi...tudo isso aquele olhar contém. Ninguém o pára, ninguém o aguenta...porque ninguém é ALGUÉM COMO ELE, O NOSSO SMEGAL, PRECIOUS, MY PRECIOUS.

E O Reino continua enlouquecido...começou a loucura, como pará~la? Agora surge em cena a lindérrima, doce, suave (só até começar a darem-lhe as tremuras,,,), Jessica Pocahontas, e seu ajudante de campo o intrépido Tiago 007...ninguém percebe que dizem...mas trazem ramos e mais ramos de SALSA! Uns preferiam Coentros, cerifólio, hortelã-pimenta...mas eles batem o pé: NÃO, ELFOS DO RAIO...SALSA SERÁ!

Mas não pensem, senhoras e senhores, meninas e meninos, que por aqui ficará a Salsa...e o Fauno que não pára de contar (um.dôs,tês, xinco,xeis, chéte??"..ah pois, também ele é UM ADORADOR DE SALSA!

Então vamos adorar a Salsa! Façamos saladas, sobremesas, requintados pratos...mas salsemos! Muitos seres estranhos surgem nesta dança! Ui...diria dos mais estranhos que pululam no Reino!

Uma tal de Bárbara Santos, vulgo Barabarela, veste roupas coladinhas, tão coladinhas que parecem a super-cola que "cola cientistas ao tecto"...bem...muitos duendes estão mortinhos por ficarem lá colados e nem se queixariam a ninguém. Embora um novo pormenor tenha aterrorizados os salseiros...ela tem a cabeça de COBRE! E a sua companhia, que fica muito sentadinha observando, conjecturando, verificando se algum elfo já se colou àquela colante cola(dizem as boas línguas que ela traz um pau de baseball no saco...elfos que se atrevam a colar-se, serão à pancada descolados...)..pois também ela surgiu com cabeça de COBRE feita!! Deuses que se passa?? Há muitos potes e panelas de cobre no covil daquelas donzelas?

E a Branca de Neve, disfarçadamente chamada de Ema, uma Fadazinha leve, levissima, que chega ao reino transportada por um brisa suavissima, tal é a sua leveza e transparência...sim, que por vezes olhamos para o sítio onde ela está...e só se vê vidrinhos transparentes e tão, tão leves...Conta-se que ela vive com os Sete Anões (sortuda!) que tudo lhe fazem, tudo lhe tratam de tal forma que aundo ela quer beber uma bebida chamada Sevenup...é só gritar para eles: SEVEN...e eles todos ao mesmo tempo: UP! E já estão de pé!

Mas sabem que a Pocahontas Jessica tem um segredo negro, muito negro? Ninguém percebia como dançava ela assim a SALSA...até aqui a cronista descobrir que ela vive na GRUTA DE ALI_BABÀ! Sim, já espreitei...por todo o lado, reliquis de ouro cobrem aquela gruta defendida com unhas, dentes, pontapés pelo seu progenitor Jorge Males Jorge Males (percebem agora o nome a dobrar? é para lhe dar mais força e assustar os invasores!) e sua progenitora Maria Fernandes...ah, pois! Eles têm tapetes voadores que colocam muito disfarçadamente debaixo dos pés...e toda a família dança, salseia, como se sabe . reparem na destreza da doce Cintia (bem, dizem as bocas que ela por vezes é danadisisma...ahahah...faz ela muito bem)...mas...e aquele pequeno gnomo que elas guardam religiosamente na Gruta...o que todos querem dar um trinquinha de tão fofo?? Pois esse, sabe aqui a cronista, é o único que não usa tapetes voadores! Pasmem: ele voa sózinho! /e bergonha das bergonhas...há uma semana ensinou uns passos aqui à cronista...NINGUÉM NUNCA SE ATREVEU...QUE O DIGAM OS HOBBITS DO REINO QUE MUITO TENTARA, E NUNCA CONSEGUIRAM DOBRÁ-LA...E ELE, O PEQUENO GNOMO...FEZ DELA GATO-SAPATO...sim, dentro dos sapatos ela usa um gato...por isso arranha tanto!).

Mas...por hoje chega! Já Zumbaram, já Salsaram...descansem gentes do Reino danadas! Ainda temos que descobrir onde meteo o ANEL mágico o Fauno Sábio Sabino...e onde está escondida a cristaleira que contém o sapatinho de cristal da desesperada Cinderela Susana! E...a anaconda? estará de boa saúde...continuará a comer os bracinhos e as perninhas dos quadros?

O reino Encantado encerra muito e muitos mistérios...a seu tempo, tudo será deslindado (TREMAM, vampiros, bruxas...)

A cronista do reino -Óloga